terça-feira, 6 de dezembro de 2016


     Os migonautas - o desesperar da força foi a publicação mais vendida na banca A 14 da Comic Con Experience em São Paulo! Indicação do Guia da Artists' Alley do site Universo HQ! A série continua aqui no blog e no face. Novas coletâneas de tirinhas vão chegar. Quem sabe uma aventura completa? O que você prefere? Comentários abaixo... E obrigado a quem deu confiança ao Mig!

segunda-feira, 28 de novembro de 2016



     Olha aí nossa banquinha no primeiro Salão Carioca do Livro, no Armazém 2 do píer do Rio de Janeiro. Graças à comunidade da #gibizeira, que organizou uma feira de quadrinistas independentes, pudemos mostrar para centenas de cariocas as tiras dos migonautas. Tudo a ver com as atividades do Conselho Jedi, que levou muitos fãs de cultura pop pra lá. Daqui a pouco eles aterrissam em SP.

domingo, 20 de novembro de 2016

   
     Oba! Vamos nos encontrar no Rio! Estarei lançando a primeira coletânea de tiras dos migonautas na feira de quadrinhos independentes da #gibizeira, de 24 a 27 de novembro/2016, no Píer Mauá, no centro do Rio. Passa lá pra adquirir um exemplar autografado! Haverá encontros com vários autores de livros e eu também participarei de um bate-papo com o público. Informações sobre o evento aqui.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

terça-feira, 4 de outubro de 2016

29 dez 2015
Será uma travessia difícil.

"E tudo começou com um urso"


Os migonautas são uma dupla de personagens em forma de ursos que criei, no passado, para um concurso nacional de tiras em quadrinhos. Esta é sua segunda vida. O caráter dos personagens, capitão e imediato da nave espacial Ursa Maior, ficará evidente na medida em que o leitor acompanhar as tiras. Prometo desenvolver humor leve, adequado para todas as idades e formações pessoais. Gosto de mexer com as referências nerds que compartilhamos, o que me leva também a brincar com as novidades da ciência e com as visões de futuro. Tudo com uma dose de crítica, que é inerente ao humor. Penso que humoristas não existem para defender lados, mas para apontar tudo que pode ser considerado ridículo. Uau, que texto! Devo ser o mais sério dos cartunistas!